domingo, novembro 19, 2006

A oposição e os habituais tiros no pé…


Definitivamente, o líder do PSD não prestou um bom serviço ao país.

Num jantar com portugueses em Santos, no Brasil, o líder do PSD criticou a politica do Governo socialista e acusou o Executivo de não ter coragem para avançar com reformas, afirmando:Hoje, infelizmente, Portugal não tem o espírito reformista que podia e devia ter", disse ainda o líder queixinhas do PSD.

O que é curioso e politicamente significativo é que, na mesma semana que um órgão de soberania valoriza a estabilidade politica e a dinâmica do Governo, o líder do principal partido da oposição faça do mote principal do seu discurso uma crítica implícita a essa valorização da estabilidade e da necessidade e vontade de fazer reformas».

Que mala-pata o perseguirá este azarado líder da oposição que cada vez que intervém politicamente parece afundar-se cada vez mais!...

Aconselho o Dr. Marques Mendes a fazer uma "reforma" no seu discurso político pois, caso contrário, ficará ainda mais dura de suportar esta longa travessia do deserto da oposição…

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home