segunda-feira, junho 22, 2009

A (fraca) autoridade dos “videntes do centrão”


Cerca de trinta economistas do quadrante ideológico do “Centrão” (PS/PSD) subscreveram um apelo a José Sócrates para reavaliar os investimentos públicos nos projectos do TGV, novas auto-estradas e futuro aeroporto de Lisboa.
Como é possível que alguns ex-ministros se reúnam e apresentem ao país um manifesto de como a economia deve ser governada e não tenham feito, primeiro, uma séria introspecção e reflictam sobre as respectivas passagens pelos governos de que fizeram parte e dos conselhos de administração em que têm assento, ou do casino em que transformaram a Economia Mundial e para o qual, ainda que à nossa reduzida escala, contribuíram?
Será que ainda não se aperceberam que o paradigma económico que está a levar-nos ao caos económico/financeiro está completamente falido?
Quanto à sua amnésica passagem pela área da governação estamos falados.
Aposto que ninguém deste país os recordará por factos indeléveis eficácia económica, de assumido empenho, ou de comprovada competência governativa!
Uma lástima!...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home