segunda-feira, julho 16, 2007

Terramoto no laranjal

O completo descalabro para os lados do pequeno líder laranja reduzido agora à dimensão tangerina.

O pequeno líder de reduzida estatura, até política, vê-se agora confrontado com os resultados miseráveis do seu partido, e reduzido à sua própria insignificância e desprezível dimensão política. Tudo isto produto de uma estratégia completamente imbecil que aquele partido e alguns do seus actores teimam em levar por diante. Finalmente, o pequeno líder, obteve todas as condições para desaparecer do espectro político. A não ser que o seu amigo madeirense lhe dê uma mãozinha no aprofundamento da sua sepultura política…

Para o CDS o resultado foi mesmo muito mau, arrasador. Chega a ser uma situação miseravelmente penosa para um partido, que perdeu a sua reduzida representação, (ainda se lembram da Zézinha?) O que decorreu no maior e mais emblemático município do país pode levar este partido, agora residual, ao desaparecimento definitivo, pois que a partir de agora dificilmente alguém dará pela sua falta.

Assistimos hoje, verdadeiramente, a um novo terramoto de Lisboa para os partidos da direita!

Os parabéns ao António Costa que cumpriu, apesar do pressão negativa da governação socrática que o acompanhou durante toda a campanha. António Costa é um homem honesto, competente e abnegado ao partido, que mais uma vez pôde contar com ele. Felicidades António Costa.

E porque não, dar parabéns à equipa de independentes de Carmona Rodrigues que estranha e espantosamente resistiu, a uma anterior gestão, ruinosa, sem que a respectiva sanção tivesse ocorrido e que permitiu até que tivesse chegado ao segundo lugar. Não vai ser fácil, algum politólogo descobrir uma explicação razoável para este fenómeno…

Mas a verdadeira surpresa da noite viria de Helena (de Tróia) Roseta que pode não ser deusa da beleza, mas foi uma heroína em coragem e persistência, tendo obtido um resultado histórico ultrapassando organizações partidárias como o CDS, o PCP ou o Bloco de Esquerda!... Notável este resultado, eu quase não acreditava quando vi as projecções e foi maior o espanto quando vi os resultados.Incrível! Este facto inédito só pode ser explicado através do completo descrédito a que o sistema partidário chegou. Os partidos foram severamente punidos, (até aqueles que não giram à volta do poder). Parabéns Helena Roseta.

Para análise social e política, estas eleições foram muito ricas em conteúdo. Oxalá os políticos pudessem ser capazes de fazer a leitura correcta, e consequente, desta autêntica lição a que hoje assistiram.


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home