segunda-feira, março 26, 2007

Não ofende quem quer…

A propósito do desconvite de Cavaco Silva, ao Grande Obreiro da nossa assinatura ao Tratado de Adesão, todos tivemos a oportunidade de poder assistir aquela notável lição de Civismo e Democracia que o Dr. Soares deu na sua entrevista à SIC notícias.

Gostei de assistir e fiquei satisfeito por ver que Mário Soares continua a ser a maior referência da nossa Democracia pela sua lucidez, pela sua cultura, pela sua dimensão intelectual e pela enorme e vasta experiência política reconhecida em Portugal e, sobretudo, no Estrangeiro.

Por isso na tomada de posse estranhei o abrupto, e nada habitual, abandono do Ex-Presidente da República, da cerimónia. Mas só há pouco tempo tive conhecimento que, aquando da investidura de Cavaco Silva, o protocolo de Estado foi alterado para não dar destaque ao Dr. Soares. Por isso ele saiu antes dos cumprimentos e fez bem, tanto mais que quando perdeu as eleições, Cavaco Silva nem sequer se dignou, a ir à cerimónia de posse do Sampaio.

Com esta última atitude do Sr. Silva pudemos verificar que há um abismo entre o sentimento e expressão democrática de Mário Soares e a pose saloia que o homem de Boliqueime nunca deixará de ser, ou seja um PR mesquinho e sem dimensão intelectual que, eventualmente, pensará que somos todos atrasadinhos mentais....

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home