domingo, outubro 11, 2009



Cumprir Abril em Liberdade


Depois da sentida reflexão vem o cumprimento do dever cívico. Vamos lá votar no candidato ou no partido que no seu entender defende melhor os seus interesses e do colectivo, sem pressões e, em total liberdade de escolha democrática...
Não fora o cravo vermelho de Abril, símbolo da revolução suave, jamais seria possível exercer o direito de voto...
Por isso nunca compreendi aqueles políticos pedantes e imbecis que se recusam a usá-lo sequer nas comemorações de Abril. Sem ele, ou sem o que ele representa, jamais seriam políticos e, pior que isso, jamais poderiam votar em Liberdade...
Enfim...


Como estou nostálgico proponho-me a mim próprio recordar Coimbra para descontrair. Se o quiser fazer comigo clique aqui e aqui e, se for caso disso, mate as saudades de Coimbra também.



0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home