terça-feira, fevereiro 20, 2007

Carnaval em grande na Madeira


Alberto João, o Sr. da Ilha, confirma a sua demissão


Na Madeira o Circo continua*…

O espectáculo continua e o artista é mesmo tonto e previsível!... “The show must go on”, por isso, o Senhor da Ilha, confirmou, esta tarde, a demissão do cargo que ocupa desde 1978, interrompendo pela primeira vez um mandato em quase três décadas à frente do executivo madeirense. É obra!

Esta “reflectida decisão” obrigará à convocação de eleições regionais antecipadas, às quais se apresenta desde já como candidato para mais um mandato de quatro anos, referindo: "Coloco-me nas mãos do povo, mas ao recandidatar-me à liderança do governo regional demonstro que não fujo, nem abandono, quando as circunstâncias estão insuportavelmente muito mais difíceis". É preciso topete!...

O artista adora (des)governar em abastança subsidiando, com dinheiros públicos, uma panóplia de subservientes, subsídio-dependentes de quem precisa também para dominar, sem oposição a sua quinta, a seu bel-prazer. É tão fácil governar em abastança… Governar em tempo de vacas magras é que é difícil, não é verdade?

É o populismo cínico no seu melhor. Além de nada mudar nas finanças regionais, (a lei é precisamente a mesma e os dinheiros não vão esticar) o cavalheiro vai, seguramente, uma vez mais tomar banho nas suas multidões eleitorais alimentando a seu ego independentista, para que tudo fique na mesma.

O cavalheiro que se queixa de falta de dinheiro, vai obrigar o erário público ao gasto de verbas consideráveis na organização de umas eleições perfeitamente inúteis para que, no final de tudo, nada se altere.

Era bem feito que lhe saíssem as contas furadas…

*Por falar nisso, onde está o Wally?

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home