segunda-feira, julho 20, 2009

Os tentáculos do polvo CAVAQUISTA


Arlindo Carvalho e os dois administradores da sociedade de gestão e exploração imobiliária, à qual tem ligações, elevam para cinco o número de arguidos no inquérito ao caso BPN. Os outros dois são, como sabemos, Oliveira e Costa, ex-presidente da instituição bancária, e Dias Loureiro, ex-administrador da SLN, que detinha o banco.

O ex-ministro da Saúde de Cavaco Silva, pertencente à mesma equipa a que pertenceu Dias Loureiro, e ex-mandatário de Pedro Santana Lopes no último congresso do PSD, foram alvo de buscas no final da última semana, de forma simultânea, porque haveria interesse nesse procedimento no âmbito do inquérito.

Algumas perguntas ainda sem resposta:

Como é que o BPN se formou e de onde é que veio toda aquela "dinheirama", em tempo recorde?

De onde vieram tantos milhões e tão rapidamente para se criar o banco? Teria todo aquele dinheiro sido proveniente de empresas que beneficiaram de perdões fiscais no tempo dos Governos de Cavaco Silva?

Porque é que a Manuela Ferreira Leite nem ninguém do PSD abre o bico sobre este assunto do BPN?

O Caso Freeport, (criado com o objectivo político preciso de destruir rapidamente o fenómeno Sócrates) comparado com a gigantesca operação de fluxos financeiros no BPN é como que uma brincadeira de miúdos....

Sabe-se que ainda haverá mais (Ar)lindos e outros, até menos lindos, envolvidos nesta organizada tramóia.

Este filme faz-nos lembrar uma peça fundamental da obra épica de Francis Ford Coppola, passado entre a Sicília e Nova Iorque

Se as investigações forem tão sérias como se deseja irão, seguramente, chegar muito mais longe e a muito mais gente. A gente que, eventualmente, ligada, directa ou indirectamente e que até agora tem conseguido passar impune.

Vamos aguardar para ver!...

Com tanta gente do partido envolvida no caso, Manuela Ferreira Leite não deverá ter vida fácil na elaboração das listas de candidatos às próximas eleições, a não ser que, para os recuperar, faça passar todas aquelas nódoas pela lavandaria e, mesmo assim, sinto que é preciso passá-los pela lixívia…



0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home