segunda-feira, março 10, 2008

Os franceses também dizem não à direita


Também hoje, em França, decorreu o primeiro acto eleitoral, da era pós-Sarkozy e o seu partido, Partido da União para uma Maioria Popular (UMP), registou um sério contratempo nesta primeira volta das eleições municipais, consideradas pela oposição socialista como a primeira oportunidade dos eleitores para sancionar o Presidente Nicolas Sarkozy.
Aguardamos pois, com legítima expectativa, os resultados da segunda volta!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home