sexta-feira, maio 28, 2010

Porque não uma petição a favor das portagens no princípio do utilizador-pagador?


Ainda estou para entender qual é a confusão que as pessoas fazem por causa das portagens nas auto-estradas sem custos para o utilizador... Então quem as utiliza não quer pagar contando com que todos os outros, (até os que nem têm automóvel) sejam solidários com o seu pagamento?
Será justo que, por exemplo, as populações da Encosta Norte da Serra da Estrela, cujas estradas que ainda hoje utilizam remontam aos tempos da monarquia, continuem a ser solidários, (com os seus impostos) com as populações servidas, leia-se beneficiadas, por scuts com quem vai, por exemplo de Aveiro ao Porto, ou do Porto a Viana do Castelo, quando continuamos a não ter acesso a estradas minimamente decentes para se deslocarmos no dia-a-dia? Qual é a parte desta história que os utilizadores destas novas auto-estradas de borla ainda não perceberam?
Os tempos são de aperto e os cidadãos devem ser mais solidários sim com aqueles que ainda nem sequer acesso têm a estradas dignas, ainda que portajadas... Portanto as populações até agora beneficiadas com essas novas vias de comunicação deveriam olhar menos para o seu umbigo e ser mais solidárias com as populações deste Interior ostracizado que até agora, nada beneficiaram com as novas acessibilidades!
As portagens vão reduzir as externalidades que surgiram com as scuts e também, necessariamente, ajudar a reduzir deficits de empresas públicas de transportes colectivos da grande zona metropolitana do Porto que fez enormes investimentos nos transportes colectivos como são o Metro do Porto e a CP uma vez que estas empresas passarão, num futuro breve, a ter mais utilizadores, o ambiente agradece, e o país também ao importar menos combustíveis fósseis), transportes esses que, infelizmente, também nós, cá para o interior não temos…
A igualdade entre cidadãos torna-se mais efectiva quando há verdadeira solidariedade - o que não é o caso das auto-estradas de borla – e, portanto, é óbvio que as portagens sejam suportadas por quem realmente as utiliza, num binómio de justiça no princípio do utilizador-pagador, esse sim com benefícios para a redução do deficit e bem mais ajustada com a situação do país real…
Neste sentido advogo sim uma petição a favor do pagamento das portagens em todas as scuts, por isso lanço daqui o desafio ao Movimento de cidadãos dos concelhos de Seia, Viseu, Oliveira do Hospital, Nelas, Gouveia e arredores que reivindiquem a construção dos Itinerários Complementares da Serra da Estrela agradecendo a solidariedade de quem já está bem servido de modernas e rápidas acessibilidades, para com quem nunca teve acesso a elas.


1 Comments:

Blogger http://cortadireito.blogspot.com/ said...

Concordo plenamente!
E já agora pergunto o que é que o Governo tem feito com os 60% que pagamos em impostos de combustível e outro tanto de imposto sobre a compra de viaturas e de impostos de selo(?)

junho 09, 2010 8:52 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home