sábado, maio 31, 2008

Finalmente, "a renovação", (da liderança) no partido laranja!


Como já era previsível, Manuela Ferreira Leite, apesar da pequeníssima margem, venceu as eleições no laranjal passando a ser líder legítima de um PSD que já não sendo tanto, PPD, também não deixou completamente de o ser. Estamos agora curiosos em saber qual será o programa, as propostas e o horizonte político da nova líder porque até agora nada se viu, nem assunto, nem projecto. Vai ser muito interessante seguir o que irá passar na confrontação política entre a nova oposição laranja e a governação Sócrates que a agora líder tanto tem aplaudido.

O Estado português, (de escassos recursos), que tem vindo a ser gradualmente recuperado, por este governo, da decadência profunda, (dos maus gastos no passado) começando, finalmente, depois do esforço dos portugueses, a avistar-se alguma luz ao fundo do túnel, revelando-nos a actual capacidade de mudar o estado das coisas depois das coisas terem chegado "àquele estado". A este propósito recorda-se que foi em 2004 que o governo de Durão Barroso, com Paulo Portas a ministro da defesa, (que agora parece ter enveredado por uma hipócrita campanha pelos desfavorecidos) e Manuela Ferreira Leite a ministra das finanças, que foi decidida a compra de dois inúteis submarinos que custam ao país uma dívida de mais de 1000 milhões de euros à banca. Tanta solidariedade oportunista, tanto rigor, tanta retórica balofa mas, na prática, tanta demagogia barata…

Restar-nos -à saber se o menino guerreiro crescerá definitivamente ou se "irá continuar por aí"...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home