segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Os vendilhões do templo

Há determinados órgãos, (ditos) de informação em que, para os seus jornalistas, é mais importante investigar se Sócrates usa cuecas ou boxers.
Ora, a acreditar no escreve o director José Manuel Fernandes, se é apenas a informação que faz mover os jornalistas que trabalham para o jornal da SONAE, que tanto gostam de vasculhar a roupa interior do primeiro-ministro, porque não investigam os políticos predadores do CDS/PP que, celebraram negócios indecorosos de aquisição de supérfluos submarinos, (comprometendo financeiramente o nosso país nos próximos anos), com também, já de abalada da governação, só um deles, o Telminho do Turismo, teria assinado cerca de 300 despachos, (o professor Marcelo falava em 700…) na noite da despedida!.. Fora ainda aquilo que não se sabe…
Por favor pendam esta gente em nome da República, da Democracia e de todos nós. Gente como esta deveria ser proibida de por os pés no Parlamento.
Mas não! Para os ditos “jornalistas”, que trabalham para o órgão do ressentido Belmiro de Azevedo, parece ser mais importante as constantes tentativas de assassinato político de José Sócrates, (vá-se lá saber porquê) do que a verdadeira e mais do que justificada investigação jornalística perante tão graves acontecimentos perpetrados por estes políticos sem escrúpulos e sem qualquer sentido de Estado.
Enquanto isso o tal “bando” do CDS/PP continua como sempre, impune, aliciando feirantes, beijando velhinhas, prometendo chorudas reformas, vendendo a alma ao diabo, tal como os vendedores de promessas.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home