sábado, julho 08, 2006

NOTÁVEL!...

Apesar de tudo, ano e meio depois, o PS, com 43,8% de intenções de voto, continua a liderar as sondagens


Será esta sondagem o resultado de uma certa cultura política mais popular, numa visão essencialmente basista que é encarada não apenas como expressão da identidade do povo anónimo, mas, sobretudo, como um factor de mobilização desta gente simples sistematicamente esquecida, para os novos desígnios, que por este governo lhe estão a ser traçados, dando-lhes finalmente importância?

Ou será que é consequência das políticas sociais, viradas para quem mais precisa a que este Governo se comprometeu e, que sem vacilar, continua a sua caminhada ao encontro do rigor na governação do país?

Será mesmo isso que faz com que, finalmente, a maioria das pessoas anónimas começa a acreditar no renascer da credibilização da política, (ainda que com alguns custos para a classe média) que tão arredada andava na sociedade portuguesa e que agora vem, definitivamente, retribuir com a sua inerente mobilização?

Esta parece ser a resposta a esse esclarecimento político das pessoas, através de uma cultura política de intervenção popular, já esquecida, nestas classes tão desfavorecidas que se tem revelado como um instrumento de mobilização daqueles que se sentiam sistematicamente excluídos e, por isso, raramente participavam na vida política, mas que agora, gratos, se sentem no dever de retribuir.

[Link da sondagem]

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home